COMPAÑÍA URUGUAYA DE VINOS DE MAR

A vinícola que dirige Michelini i Mufatto em Maldonado, Uruguai, está focada em fazer vinhos em que se destacam as principais características do terroir: a influência do mar, o solo de granito de suas serras, as chuvas e as nuvens.

Compañía Uruguaya de Vinos de Mar se concentra em vinhos de unidades de microterroir especialmente selecionadas, de parcelas únicas escolhidas por suas características, com as quais são elaborados vinhos de apenas três cepas: Albariño, Pinot Noir e Tannat.

Um empreendimento sustentável, com identidade própria, que elabora vinhos transcendentes que são uma referência para a vitivinicultura uruguaia.

Com base em uvas saudáveis, enologia muito precisa e envelhecimento em tonéis de alta qualidade, na vinícola da aldeia Garzón são elaborados vinhos que são um reflexo fiel do terroir marinho de Maldonado. Pureza, elegância e delicadeza são as três principais características dos vinhos elaborados pela Compañía Uruguaya de Vinos de Mar.

MALDONADO

Maldonado é um local de grande transcendência, único em suas características climáticas, topográficas e de solo. As fazendas montadas nas colinas influenciadas pelo clima marinho, suas nuvens e as chuvas constantes contribuem com os elementos necessários para fazer vinhos comovedores. A composição de seu solo, determinante na identidade dos vinhos, tem uma base de granito que se completa com areia, limo e argila.

michelinimufatto.com

A VINÍCOLA

A vinícola, pequena e intimista, está localizada no centro da aldeia Garzón. É um estabelecimento funcional, versátil e manobrável, pensado para fermentar os vinhos em sua totalidade em tonéis de concreto e envelhecê-los em barricas e foudres.
Sua construção é simples e moderna, com detalhes concebidos por Juan Diego Vecino, um dos arquitetos mais destacados do Uruguai.

OS VINHOS

Os vinhos são produto de parcelas especialmente selecionadas de Maldonado, onde as expressões dos brancos e tintos falam do mar, do granito e das nuvens. Só são vinificadas três variedades: Albariño, Pinot Noir e Tannat; de uma maneira muito tradicional e pura. Com elas se faz vinhos de aldeia, vinhos de fazenda e vinhos de lote; os três com um mesmo nome e uma mesma etiqueta na qual se detalha a cepa, o ano e o terroir. Compañía Uruguaya de Vinos de Mar trabalha seus vinhos à mão, com volumes limitados e humanos que permitem ter um contato íntimo com cada vinho.

michelinimufatto.com

COMPAÑÍA URUGUAYA DE VINOS DE MAR PINOT NOIR
Cerro del Toro, Maldonado – Pinot Noir

Concebido como um vinho genérico, fermenta em piscinas de concreto com 100% de cacho inteiro graças à ação de leveduras indígenas. Mais tarde se produz a maceração pós-fermentativa. Posteriormente, o vinho é envelhecido em barricas de carvalho por cerca de sete meses. Por último, é filtrado suavemente e engarrafado.

COMPAÑÍA URUGUAYA DE VINOS DE MAR ALBARIÑO
Cerro del Toro, Maldonado – Albariño

Do total das uvas colhidas, 30% começam uma maceração pré-fermentativa com suas peles e, mais tarde, quando o mosto começa a fermentar, é prensado e levado para barricas, onde completa a fermentação. Os 70% restantes são prensadas diretamente e o vinho é fermentado em barricas ou tanques de concreto e, posteriormente, envelhecido nas mesmas vasilhas. Após 7 meses de envelhecimento, elabora-se o blend e se engarrafa.

“Fazemos vinhos que refletem a alma de cada terroir.”