A altura das montanhas, a areia e os componentes calcários, o frio das noites, o terroir La Cautiva em Gualtallary e os vinhedos antigos que são parte da história da província são os elementos principais de Michelini i Mufatto no Valle de Uco.

michelinimufatto.com

A vinícola La Cantina, localizada em Tupungato, é também conhecida como o “Ateliê de Vinhos”, fazendo referência a um lugar de criação, um espaço livre, onde a busca constante é continuar melhorando e crescendo em cada vinhedo e cada lote.

A elaboração dos vinhos consiste numa reinterpretação das clássicas elaborações de Mendoza: fermentação em barricas de madeira ou concreto e envelhecimento em foudres

Todas as fermentações são em tonéis de carvalho francês antigo recuperados e em ânforas de concreto de 2.000 litros. Materiais nobres que dão vinhos nobres.

michelinimufatto.com
O envelhecimento tem uma importância central: todos os vinhos são envelhecidos em barricas, tonéis e foudres que são produto de uma seleção exaustiva das melhores tonelarias do mundo.

GUALTALLARY

Gualtallary é a região vitivinícola mais ocidental de Tupungato e está localizada no noroeste do Valle de Uco. Seus solos são aluviais: intermináveis aludes que descem da montanha e se acomodam de maneira sedimentar no solo formando depósitos de pedra de natureza granítica, de basalto e de carbonato de cálcio. Mais tarde, pelo efeito do vento, foram chegando camadas de areia que cobriram o terreno. Bem junto da cordilheira dos Andes, esta é uma região de temperatura muito fria, um fator que, junto com a composição do solo, contribui com a formação dessa identidade tão definida dos vinhos que nela nascem.

FAZENDA LA CAUTIVA

Um vinhedo único, localizado em Gualtallary, num local que leva seu nome, “La Cautiva”, de um clima extremamente frio, de categoria climática Winkler 1B.
A fazenda está encravada na mítica rua La Vencedora, sua altura oscila entre os 1.450 metros na parte baixa e os 1.590 metros na parte alta. Caracterizada por seus solos com abundantes componentes calcários e pedra com algo de areia, destaca-se nela seu grande horizonte de carbonato de cálcio puro. Seus vinhos ganham uma identidade muito especial, com notas florais e minerais, e um paladar elegante, de grande textura e complexidade.

OS VINHOS

BALSA DE PIEDRA BLANCO
Tupungato – Semillón

Um vinho de lote elaborado a partir de uma variedade muito tradicional de Tupungato. É fermentado com leveduras indígenas e peles nos primeiros dias; logo depois, é prensado e transportado para aço inoxidável, onde recomeça a fermentação. Mais tarde, é prensado suavemente e engarrafado.

BALSA DE PIEDRA TINTO
Tupungato – Blend de Tintas

Um vinho genérico, elaborado com uvas tradicionalmente plantadas em Tupungato, que procura expressar a história da região. As diferentes variedades fermentam junto com leveduras indígenas em tanques de concreto (30% cacho inteiro) e, posteriormente, o vinho é envelhecido durante 6 meses em barricas de vários usos.

GY
Gualtallary, Tupungato – Cabernet Franc – Malbec

Um vinho de aldeia que combina uvas de Gualtallary de áreas com diferentes solos e temperaturas. As uvas são fermentadas conjuntamente em tonéis de madeira com leveduras indígenas e o vinho é envelhecido durante 18 meses em barricas francesas; mais tarde, armazena-se em garrafa por um mínimo de 6 meses.

CERTEZAS
El Peral, Tupungato – Semillón

Um vinho que nasce de uma seleção de parcelas de uma fazenda de 120 anos de idade, uma das poucas dessa antiguidade que continua produzindo em Mendoza. Depois de colhidas, as uvas são fermentadas com peles (50%) em foudres de carvalho de 1000 litros, onde posteriormente o vinho é envelhecido durante dois invernos. Por último, é filtrado suavemente e engarrafado.

PROPÓSITOS
Villa Seca, Tunuyán – Chenin

Um vinho que nasce de uma seleção de parcelas de uma fazenda de 50 anos de idade. As uvas fermentam com peles em foudres de 1.000 litros, onde posteriormente o vinho é envelhecido durante dois invernos. Por último, é filtrado suavemente e engarrafado.

 

CONVICCIONES
La Cautiva, Gualtallary – Chardonnay

Um vinho que nasce de uma seleção de parcelas da Fazenda La Cautiva, cujos vinhedos têm 15 anos de antiguidade. As uvas são colhidas e, posteriormente, passam cinco dias de maceração com peles. Depois são prensadas e transportadas para foudres de carvalho de 1000 litros onde fermentam e, posteriormente, o vinho é envelhecido durante dois invernos. Mais tarde, é filtrado e engarrafado.

LA CAUTIVA
La Cautiva, Gualtallary – Malbec

Vinho proveniente de La Cautiva; fermenta com 100% de cacho inteiro pisado a pé. Entre 1 e 4 meses de maceração pós-fermentativa (dependendo do ano). Mais tarde, é envelhecido durante dois invernos em foudres de 3.000 litros. Por último, é filtrado suavemente e engarrafado.

ÓLEO LA CAUTIVA
La Cautiva, Gualtallary – Malbec

Vinho de uma parcela especialmente selecionada da Fazenda La Cautiva. Fermenta com 100% de cacho inteiro pisado a pé. Entre 1 e 4 meses de maceração pós-fermentativa (dependendo do ano). Mais tarde, é envelhecido em barricas de carvalho durante dois invernos. Por último, é filtrado suavemente e engarrafado.

 

“Fazemos vinhos que refletem a alma de cada terroir.”